The way everyone can enjoy it!

quarta-feira, 18 de junho de 2014

The Texas Chain Saw Massacre


O filme que marcou, uma geração de filmes de terror, mas que também foi um marco na história do terror, sendo considerado um dos melhores filmes de terror de sempre. Um ponto interessante no filme, é que este foi feito com apenas 300 mil dólares, o que é considerado um filme de orçamento baixo, mas mesmo assim conseguiu-se tornar numa obra de arte e ter um sucesso de bilheteira gigantesco. Outro ponto que difere este filme dos outros do mesmo género, é o modo como o filme está feito, isto é, o filme foi filmando numa estilo de documentário que lhe dá uma perceptiva diferente dos outros filmes de serial killer quer na altura quer posteriormente, sendo que poucos foram os filme que adaptaram este modo de produção. As críticas ao filme só podem, no geral, serem positivas e onde muitas delas aclamam a genialidade de Tobe Hooper, presente no ultimo Motelx,que teve a capacidade de fazer algo diferente mas sem fugir ao melhor que o género tem para oferecer.
A história começa com um grupo de amigos a fazer uma viagem para visitar a casa onde vivia o avô de dois deles, que já estava morto, pois foram avisados que alguém teria vandalizado a sepultura do avô. O filme desenrola-se e ao pé dessa casa existe outra onde vive uma família especial, que, e principalmente um dos membros, vão "tratar" dos seus novos vizinhos.
Quando vi o filme e principalmente o inicio, pensei, pronto mais um filme de serial killer antigo sem nada de especial e que se repete até ao fim, mas não, este filme surpreendeu-me muito pela positiva, pois conseguiu pegar num conceito fácil e criar algo de especial, sendo que este filme tornou-se num culto e está num patamar acima de filmes do mesmo género que tiveram o seu boom nos anos 80, mas que se comercializaram-se tanto que perderam o sentido de culto, o que este não fez, apesar de ter mais filmes desta saga, mas de uma maneira mais controlada e como menos visibilidade. Tal como disse, o Tobe Hooper teve em Portugal e eu tive imensa pena de não o ter visto e poder ouvir este mestre de filmes de terror. Um filme que é obrigatório ver e que penso que tal como me aconteceu, vai surpreender os que ainda não viram, e para os que viram podem sempre rever este fantástico filme, que vale sempre a pena voltar e apreciar.

Rate: 10/10

Sem comentários:

Enviar um comentário