The way everyone can enjoy it!

sábado, 23 de agosto de 2014

Wrong Turn


O primeiro filme de uma saga que aos poucos foi ganhando fama e um lugar de culto dentro das sagas de filmes de terror. Filme que saiu directamente em DVD mas que conseguiu, pelo menos, o dobro do que foi gasto para o fazer, o que é bastante bom para um filme que não saiu nos cinemas e por isso não teve a visibilidade que poderia ter. Nas críticas o filme divide-se mas as críticas negativas superam as positivas mas que se equilibram bastante bem entre elas, dando assim para perceber que é mais uma questão de gosto do que de qualidade.
O filme não foge muito ao típico "serial killer movies", um grupo de jovens que se encontram numa floresta e sem maneira de sair dali nem de comunicar com o exterior, que são perseguidos por alguém que os quer matar e que  vai reduzindo o grupo aos poucos, enquanto estes tentam escapar. Sendo que o que varia aqui é a história que o filme tem por detrás deste esquema geral.
Como já disse noutros filmes, eu gosto bastante de filmes que metem "problemas" químicos e radioactivos, algo que este filme tem, o que me deu logo um grande interesse mas apesar disso penso que o modo como expõem esses "problemas" foi aqui feito de uma maneira pouco interessante, o que tira a potencialidade inicial do filme, tornando-o até cómico, o que reduz a qualidade do filme. O filme é o início de uma saga de filmes que vão explorar esta vertente do terror, por isso, não podemos pedir muito deste primeiro filme que, como é óbvio, focou-se mais na acção do filme do que na história por trás dos acontecimentos mas isso será explorada mais à frente, o que dá a ideia que os autores do filme esperavam mesmo continuar com a história sem saber como é que o público iria reagir, podendo dizer mesmo que o filme começou a ganhar mais sucesso quando saiu o segundo e o terceiro filme, um risco que foi bem conseguido pelos responsáveis desta saga.

Rate: 6.5/10

Sem comentários:

Enviar um comentário